segunda-feira, fevereiro 06, 2012

RICK ASTLEY (46)

E às tantas dei comigo a dançar "à Rick Astley". Foi assim durante parte do final da década, graças a este jovem que um dia apareceu do nada com Never Gonna Give You Up. E o mais engraçado é que esta música ainda hoje exerce um poder enigmático sobre mim, capaz de me levar a fazer as piores figurinhas onde quer que esteja. Depois, há o Together Forever e mais uma ou outra...

Rick Astley foi descoberto pela equipa de produtores mais vorazes e selvagens dos anos 80 - Stock, Aitken e Waterman (quase ninguém lhes escapou) — e foi um instantinho até vermos este rapaz, que cantava numa banda soul inglesa chamada FBI, invadir os tops europeus à custa de uma voz sólida e um ritmo "discónáite" para todas as idades.

Rick faz hoje 46 anos e está aí para as curvas, não só em termos de aspeto (é do mais limpinho e asseado que se tem visto por aqui, apesar de aquela poupa já ter tido melhores dias...), mas também em termos musicais. Em 2005 editou o álbum Portrait (versões de clássicos soul), do qual podem ter uma ideia se visitarem o site oficial do cantor. Recentemente, pudemos vê-lo a encerrar o Here And Now, no Pavilhão Atlântico, com muito humor à mistura. Há dois anos, e após 17 anos sem editar, Rick Astley lançou o single Lights Out. Parabéns, Rick!

3 comentários:

Fabiane disse...

Ainda hoje vejo muito os clips do Ricky Astley pelo youtube. È nessas horas que descobrimos que só o corpo envelhece, minha alma ainda se mantém na época dele, adoro dancar suas musicas.

tarzanboy disse...

Sem, dúvida, Fabiane. As músicas do Rick Astley são muito dançáveis. Obrigado pelo comentário.

passotra disse...

Eu o ouvia e me lembrava de Billy Ocean,sem conhece-lo achava que era um novo cantor black americano de voz potente,,,e ele era bem magrinho.Sei cantar mais as musicas dele que de um brasileiro,Bons tempos.