sexta-feira, outubro 08, 2010

As sameiras da minha infância

Houve um período da minha infãncia que dediquei com zelo e determinação às colecções. Desde carteiras de fósforos vazias, apanhadas do chão das ruas (hábito péssimo que, espero, o tarzanbaby não copie do pai), aos clássicos calendários, passando por autocolantes de marcas de todo o tipo de produtos, fui construindo colecções que me orgulhava de mostrar aos amigos (que, por sua vez, também tinham as suas). Creio que os calendários ainda sobrevivem – tenho de saber onde!

Mas a colecção que mais prazer me deu, e, ainda hoje, é preservada religiosamente, foi a das sameiras (caricas) das garrafas de refrigerantes. São estas que apresento neste artigo, com foto de conjunto e, avisando desde já que os respectivos exemplares podem ser vistos ao pormenor na página do facebook do Queridos Anos 80. Nenhuma destas colecções está completa, mas chegam aos 80 a 90%. Tenho a agradecer ao meu pai, que, diligentemente, cumpria as ordens do seu filho: trazer da confeitaria onde trabalhava o maior número de sameiras por dia. O meu azar é que o filho do patrão também coleccionava.

Mundial 82

Esta é, na minha opinião, a menos interessante. A Coca-Cola lembrou-se, por ocasião do Mundial de futebol de 1982, em Espanha, de criar esta colecção de jogadores. Não jogadores reais, mas bonecos por posição dentro do campo. Estão representadas quatro selecções: Portugal, Espanha, Brasil e Argentina. Também há árbitros.

Tónius, o Lusitano

A partir da banda desenhada do mesmo nome, que eu, já agora, não me lembro de alguma vez ter lido, a Sumol lançou a colecção das personagens de Tónius, o Lusitano. Tratava-se de uma banda desenhada ao estilo Asteríx, em que, neste caso, os gauleses eram os lusitanos e o inimigo romano eram os mouros. Muito engraçados os nomes das personagens. Aconselho uma vista de pormenor.

Carros, motas e aviões
Esta colecção da Frisumo incluia carros, motas e aviões da época. Nunca fui um expert nestes assuntos de motores, mas todos aqueles nomes fascinavam-me. Os meus colegas falavam muito de carros e motas e essas conversas passavam-me ao lado, por isso fiz questão de decorar cada um destes nomes. Mas o meu assunto era mesmo futebol.

Jogadores de futebol

Esta terá dido a colecção que me deu mais prazer. Eu era doido por futebol (bem, ainda sou...) e para mim foi extasiante ver as caras dos jogadores noutro sítio que não os vulgares cromos. Esta colecção foi criada pela Schweppes e contemplava os jogadores dos, então, quatro grandes: Porto, Benfica, Sporting e Belenenses. Digo, “então”, por razões óbvias...

Não se esqueçam: para verem cada um dos exemplares ao pormenor, liguem-se ao facebook do Queridos Anos 80.

11 comentários:

Piloto Automatico disse...

Tiro-te o chapéu por teres guardado essas jóias. Bravo. Lembras-te de uma colecção (da sumol acho eu) com super-herois? Eu tenho a carica do homem-aranha!
Abraço
F

memyselfandi disse...

Impressionante!!! Digno de um cromo! =)

adiaryofgabi disse...

Ahh eu colecionava cartão telefônico, folhas de fichário e adesivos!

>.<

Jorge Guimarães Silva disse...

lembro-me de uma colecção do Tintim, que, se não me engano, saíam no Sumol. Guardares isto estes anos todos é mesmo de se tirar o chapéu. Ok não tenho chapéu! Mas se tivesse, tirava!

tarzanboy disse...

Piloto Automático, lembro-me dessa colecção, mas não a fiz. Não me perguntes porquê :)

memyselfandi, uma dica para o Markl:)

adiaryofgabi, o que são "folhas de fichário"? E adesivos? Serão aquilo a que damos o nome de "autocolantes" em Portugal?

Jorge, não me lembro dessa do tintin...

Sísifo disse...

Hoje, tal seria impossível, pois alguém descobriria que os produtos usados no interior contaminariam a bebida com químicos que provocariam danos irreparáveis à nossa saúde.

Que sorte termos crescido em tempos pré-ditadura da saúde.

Será que a ASAE também ficalizaria os nossos carrinhos de rolamentos?

soares disse...

lembro-me disso, pois fazíamos corridas de caricas. traçávamos percursos na terra e depois jogávamos com elas.
mas o que desconhecia de todo era a expressão "sameiras". não fazia a minha que no Porto se chamavam assim

tarzanboy disse...

Sísifo, adorei o teu comentário :) A brincar, a brincar, falas de coisas muito sérias.

soares, já agora, e porque não conhecias a palavra, a pronúncia é como se fossem dois apelidos: "sá meira" :)

Pedro disse...

Piloto Automatico, acho que era 'Fruto Real', e não Sumol

Quanto ao Tónius, os desenhos até eram giros, mas de resto que banda desenhada tão ignorante... Lusitanos contra Mouros?? Os inimigos dos lusitanos eram Romanos (sim, como no Asterix, os povos eram +- da mesma época), depois a Península foi invadida por um sem-número de povos bárbaros do centro e norte da Europa, que formaram praticamente os portugueses q temos hoje, mas com armaduras e cavalos, os quais esses sim, foram invadidos pelos Mouros, *700 anos depois* dos Lusitanos, que 'per se' já não
existiam há muito.

No tempo do Viriato o tetra-tetra-avô do Maomé nem sequer tinha nascido. No Asterix ainda se aprende qq coisa.

Caneco é que não tem mesmo o c* a ver com as calças.

tarzanboy disse...

Pedro, tens toda a razão... mas não custa nada imaginar Lusitanos vs. Mouros :)

soares disse...

desconhecia mesmo! não imaginava que tambem se chamavam assim. Prós meus lados só lhes chamavam caricas, tapas, essas coisas.
coisas da regionalização :-))))