quinta-feira, maio 14, 2009

FABRICE MORVAN (43)

O homem está igualizinho ao que era há vinte anos. Excepto no cabelo, claro está. Fabrice Morvan, a outra metade dos Milli Vanilli, faz hoje 43 anos. Numa altura em que o filme sobre a ascensão e queda da dupla de Girl You Know It's True está em produção, o QA80 não quer deixar de homenagear Fabrice Morvan, que conseguiu sobreviver ao escândalo que se abateu sobre o grupo, e está aí a lutar por um lugar na indústria musical. A coisa não está fácil, tendo Fab apenas editado um álbum a solo, em 2003, com o título Love Revolution. Existe ainda um álbum que é uma autêntica raridade (foi editado apenas nos EUA e passou completamente despercebido), lançado logo após o escândalo que rebentou sobre a dupla. O título é Rob & Fab, desta vez com as vozes dos dois rapazes bem audíveis, ainda que agora se perceba por que razão eles não eram autorizados a cantar enquanto Milli Vanilli...

4 comentários:

Anónimo disse...

O Fab Morvan está cada vez melhor como cantor,ele é um super artista.
Quanto ao Milli Vanilli,os videos são maravilhosos e tudo de ruim aconteceu por causa do Frank Farian,que só visava lucros,não se preocupou com os artistas como seres humanos...isso foi lamentável...para Rob custou a vida.
Fico feliz por Fab continuar trabalhando e lutando por seus sonhos,ele realmente gosta de música e ninguém pode julgá-lo
acho que ele merece muito respeito
por parte da imprensa,respeito e admiração da parte dos fãs ele já tem!
(Mary)


http://www.myspace.com/fabmorvanmusic

Anónimo disse...

Eu também acho q a culpa é do Frank q não os preparou só viu a beleza deles e aí o povo q se dizia fã não deu a eles i respaldo q eles precisavam

Anónimo disse...

Concordo contigo se tivessem dado uma chance o lindo Rob não teria acabado CMO acabou q dó cara cada vez que vejo a história deles fico revoltada i indignada

Anónimo disse...

Concordo contigo se tivessem dado uma chance o lindo Rob não teria acabado CMO acabou q dó cara cada vez que vejo a história deles fico revoltada i indignada