quarta-feira, janeiro 07, 2009

45 rotações (II)

Dália
Seremos Felizes (1984)

Dália, simplesmente Dália. O capítulo II da rubrica "45 rotações" traz hoje aqui este nome. Quem é Dália, perguntam vocês? Não faço a mínima ideia. Apenas sei que tinha um look tipicamente eighties e que gravou o este single, Seremos Felizes, em 1984, com produção de Manuel Cardoso (Tantra) e Pedro Luís (Tantra e Da Vinci). A capa de Seremos Felizes tem o design de um tal Dick Van Dijk (será o mesmo dos concursos de cantores da TV?) O lado A é uma versão portuguesa, com letra de Francisco S., do tema dos The Turtles, Happy Together. No lado B, surge Cor-de-Rosa, também ele uma versão portuguesa, com letra de Ivon Curi, de La Vie En Rose, o tema imortalizado por Edith Piaf. O que há destacar nestas duas canções é a roupagem electrónica que apresentam, reminiscente da synth-pop de inícios dos anos 80. Não sei o que terá sido feito desta menina, Dália de seu nome... Se alguém souber do seu paradeiro, esteja à vontade para o revelar! E agora vamos ouvir:

Lado A - Seremos Felizes:
Lado B - Cor-de-Rosa:

4 comentários:

Von disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Von disse...

Em primeiro lugar, um blog fantástico. Mesmo fantástico. Um autêntico serviço público.

Sobre a Dália, lembro-me de dançar com ela várias vezes, na Juke Box, um antigo bar/discoteca do Bairro Alto. E de ter uma paixoneta pela menina.

tarzanboy disse...

Obrigado, Von, pelas simpáticas palavras! E pela revelação dessa paixoneta... A Dália era gira :)

Dália disse...

Obrigada,
Eu sou a Dália!
"Acho que ainda sou gira :)!"